sábado, 21 de dezembro de 2013

Embebedei pela pessoa errada



Imagem: "Turning into dust" de  Cristina Otero



Assim como a bebida também te deixei,
Tenho os meus amigos de volta assim como o meu sorriso.
Fiz promessas a tudo o que me era mais querido
Que jamais iria recair.

Mas continuam a dizer-me por onde andas e o que fazes durante a noite
Quantas bocas beijaste, de qual mais gostaste.
E tento relembrar-me dos motivos pelos quais nunca poderemoss ser algo mais.

Mas agora
Agora escrevo como se por ti sentisse algo mais,
E agora até sinto uma ligeira saudade...
Falo como se te amasse
E danço como se ti dependesse.

Beijaste-me suavemente.
Abri os olhos e
Por momentos fiquei sem palavras.
Num segundo fizeste-me esquecer a falta que me fazes quando te vais.


Postar um comentário