segunda-feira, 20 de julho de 2009

Partes do dia e projectos sigilosos

Pois é, mais uma vez a vaca da Maya tinha razão, mais uma vez pôs o seu nariz descomunal onde não era chamada. Está-se a tornar assustador o quanto aquela mulher sabe acerca da minha vida sem nunca sequer me ter conhecido...
Ontem o dia foi horrível, felizmente acabou com uma noite melhor do a que eu esperava *_*, inesperadamente perfeita! Amizades brotaram no meu musculo cardíaco como se fossem ervas daninhas das quais não me consigo ver livre, nem com o mais poderoso dos pózinhos para as matar(não faço a minima das ideias de qual seja o nome do dito cujo xD). Pois é, é de vós que estou a falar sim xD, e não quereis saber os pormenores sórdidos das conversas que mantivemos, são de todo sigilozas. Blá, blá, blá, eu tenho-te a ti, tu tens-me a mim e sames amigas forever até que uma de nós se farte da outra xD! É preciso é ter calma que aqui tudo se faz devagarinho como o bom típico português =D!


A seguir:

Texto extremamente sigiloso que ninguém deve ler, mas que vai acabar por ler devido á curiosidade vincada pela minha advertência =D.

Existem muitas coisas que mudaram nestes últimos anos e que me fazem aperceber o quão velha sou. Dentro dessas pequenas coisas consigo chegar a várias conclusões!

1ª - Os vernizes! Sim minhas senhoras! Eu sei que vocês também franzém o nariz ao ouvir falar dos vernizes da Risqué, vulgarmente apelidados pelo freguêses brazileiros de o verniz "Não dura não". Eu lembro-me que no meu tempo os vernizes realmente chegavam a acabar antes de os deitar fora! Hoje em dia ninguém usa um verniz até que este acabe totalmente! Agora pergunto minhas senhoras! Porque será que tal fenómeno acontece?! Será do calor? Será da qualidade? Será do cheiro da nossa Ria? Nunca saberemos na verdade, este mistério acabará por ficar para sempre perdido nas águas do bacalhau...

2ª - Ainda sou do tempo em que só havia beatas velhas e os seus respectivos homenzinhos de pasta castanha que entregavam panfletos na rua! Hoje em dia para além de haver mais "espalhadoras da palavra do Senhor" são também novas e quase decentes e por vezes confundidas com pessoas normais, os panfletos multiplicaram-se, sites abriram, carrinhas têm autocalantes afixados com frases como : "Deus é fiel!", cuidado com esta última, considera-se que seja publicidade extremamente enganosa! Para além disso existe uma nova classe de "beatas" que agora têm o nome de "Helderes", penso que tenha esse nome porque todos têm o nome "Helder". São homens vindos do esrangeiro que estão a tentar roubar "o lugar ao Sol" das nossas queridas e adoradas beatas do costume! Pois é, estamos perante uma espécie em mutação/evolução sem barreiras!

3ª - Ainda sou do tempo em que as mensagens que mandávamos por telemóvel eram pagas! Hoje em dia estes putos até mensagens em branco mandam! Francamente! Diz-me lá tu se eras capaz de pagar por uma mensagem que apenas dizia "ok"???? Ora aí está meus senhores! Para que havemos de responder "ok" se sabemos que a mensagem foi devidamente enviada?! Pra quê!?!?!?!?!?!?

4ª - Ainda sou do tempo em que as avós tinha bigode! Mas que moda é esta de agora de levarem as pobres coitadas e irem fazer o buço!? Não vos percebo, uma velhota já não pode ter orgulho no seu próprio bigodão?!

5ª - No meu tempo no café da manhã comia-se pão e caféi com lête! Agora vêm com uma coisa chamada de "Manhãzitos"! Qué iste pá!? Ma que raie de manhãzites, pão e caféi com lête é que é e mái nada!

6ª - No meu tempo os jovens não íam a psicólogos! Não havia tempo nem dinheiro para se ter depressões! Hoje em dia todos temos depressões, até os nossos pobres animais! Nem acabamos bem de sair da placenta já estamos enfiados em escritórios a contar os podres das nossas humildes vidinhas a pessoas que estão a ser pagas para nos ouvirem. Mas esta gente nunca ouviu falar duma coisa chamada "amigos!"?? Não???

7ª - Ainda sou do tempo em que havia o homenzinho ou a mulherzinha a gritar por bolas de berlim na praia! Ainda me lembro como se fosse hoje "Ólhá bola d'berlim!", "Bolinhas! Bolinhas!" bons os tempos que conservo do sabor fantástico das bolas de berlim! *sonha e baba*

8ª - No meu tempo as crianças eram crianças! Agora se nasceres gaja és uma Paris Hilton e se fors gajo um Cristiano Ronaldo! Individualidade meus amores! Sejam vocês mesmos. No meu tempo as raparigas brincavam com barbies e coisas assim estranhas do género, hoje em dia brincam com os seus telemóveis todos XPTO e tiram fotes para pôr no hi-fi! Quanto aos rapazes...bom esses aí pararam no tempo...não houve uma grande evolução, como era de se esperar.

9ª - Ainda sou do tempo em que a água e o café sabiam a água e café respectivamente! No outro dia dirigi-me a um estabelecimento e pedi uma água. Depressa fui abordada com uma pergunta que me deixou um bocado atordoada por parte da empregada quando disse com a maior das naturalidades "E qual é o sabor que prefere?". Engasguei-me, solucei, até quase que perdi o equilibrio! Água é água minha gente! O mesmo se passa com os cafés! No outro dia fui ao fórum com um amigo meu e ele dirigiu-se a um café e pediu um cafézinho. Estava tudo normal, até ele aproximar o seu narigão á borda da chávena! Cheirava a baunilha! Pelos vistos, após a tortuosa explicação da empregada ficámos a saber que alguns estabelecimentos como aquele dão aos clientes a oportunidade de escolherem o sabor/fragrância do seu café! Amazing...


E a lista continua meus amigos! Vocês é que têm de saber ouvir e ver o que vos rodeia! Não se acanhem e abram os ouvides e prestem atenção ás mudanças!
Postar um comentário