domingo, 19 de abril de 2009

Esperança?

A noite de ontem assim como o dia de hoje, foi esquecido.
Visto que não sou o suficientemente forte para reter as minhas lágrimas frente á tua indiferença, eu escondo o rosto de quem sofre por amar.
A força que quero ter para mandar todos embora e ficar contigo é já quase nula. Não tenho força e para ti parece ser tudo muito mais fácil. Como é que consegues sorrir e ser feliz enquanto estou a sofrer e triste por ti?!
Oh...quero ter uma última despedida outra vez. Para saber que acabou mesmo tudo. Para não sentir que nada está acabado, para não sentir o vazio e a esperança de que ainda posso correr para ti e ver-te sorrir para mim mais uma vez...só para mim.
Quero que te lembres de mim para sempre! Quero ser importante para ti para sempre! Quero poder durmir á noite e saber que também estás a pensar em mim assim como eu em ti! Será que pensas da mesma maneira que eu? Sentes tanta saudade e arrependimento por tudo o
que aconteceu assim como eu?



Esquece...eu fico aqui no meu canto outra vez eu digo, enquanto inconscientemente penso o porquê de não estares ao meu lado outra vez...

Continuarei a gritar o teu nome silenciosamente á espera que venhas todas as noites...sozinha.
Postar um comentário